328 Acessos
Iniciativa visa melhorar os indicadores de saneamento básico e saúde coletiva de três estados

A Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação (FADEX), participou do evento de lançamento do Projeto Plansanear, na Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), por meio do superintendente, Prof. Antônio Vinicius; e o consultor de inovação da instituição, Epitácio Brito.

O evento ocorreu na manhã desta sexta-feira (10) na sede do projeto, localizada na Rua Doutor José Maria, nº 54, Centro, Petrolina/PE. A vice-reitora da UNIVASF, Lucia Marisy, esteve presente correspondendo a Universidade que acolhe o projeto. Também estiveram presentes o diretor da Agência Reguladora de Petrolina, Rubem Franca, o coordenador geral Anderson Miranda, o diretor do DCOT/SNSA de Petrolina, Marcello Pitrez e o secretário da SNSA, Flávio Marcos.

“É um momento de celebrar o início de um novo projeto. A Fadex como fundação de apoio da UNIVASF, iniciou esse serviço para a instituição no início de 2023, extremamente honrados e gratos pela confiança depositada pelos coordenadores para executar um projeto de extrema relevância para todo o país. Contem com a FADEX, nós já temos parceria com a UNIVASF em aproximadamente 6 projetos, que possamos ampliar cada vez mais essa parceria e em breve apresentar todos os resultados positivos”, afirmou o superintendente da Fadex, Antônio Vinícius.

O Plansanear é um projeto executado pela UNIVASF, em parceria com o Ministério das Cidades, por meio da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental (SNSA), e coordenado pelos professores doutores Anderson Miranda e Daniel Pífano.

O projeto visa à capacitação e apoio técnico na elaboração de Planos Municipais de Saneamento Básico para Municípios de Pernambuco, Bahia e Rio de Janeiro. Estes Estados têm um grande déficit em relação à obrigatoriedade do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), o que dificulta o recebimento de recursos federais para apoio a serviços públicos de saneamento.

O intuito é auxiliar nas diversas etapas inerentes ao desenvolvimento de um Plano Municipal de Saneamento Básico, como: qualificar técnicos de saneamento e gestores municipais; acompanhar a redação da minuta para aprovação legislativa; e elaborar estratégias de comunicação e mobilização social para sensibilizar a população sobre a importância de um PMSB.

“Esse projeto é mais uma política pública importantíssima. Auxiliar esses pequenos municípios a ter o seus próprios planos municipais de saneamento, ofertando para a população um serviço adequado. Isso vai melhorar muito a qualidade de vida, pois sabemos tudo que está atrelado ao saneamento ambiental inadequado, uma água imprópria para o consumo humano. Quero deixar um agradecimento aos representantes do ministério das cidades por acreditarem no nosso trabalho, enxergando a importância dessa ação. O Plansanear é feito coletivamente e é mais um projeto que demonstra a vocação extensionista da UNIVASF”, declarou o gestor Daniel Pífano.

Durante todo o processo de elaboração serão considerados os quatro eixos do saneamento básico: abastecimento de água potável; coleta e tratamento de esgoto; drenagem de águas pluviais e gestão de resíduos sólidos. Além de contar com a participação de estudantes divididos em áreas técnicas (comunicação, coordenação executiva e grupo de trabalho de campo), distribuídos conforme as atribuições dos alunos.

Iniciativa visa melhorar os indicadores de saneamento básico e saúde coletiva de três estados